Nova pagina 1
Nova pagina 1

Outros destaques

Nova pagina 1

Região

Brasil

Mundo

Dinheiro / Economia

Variedades

Polícia

Tecnologia

Notícias Bizarras

Celebridades

A+ R A-

Paulínia News - O seu jornal na internet

Ponte Preta faz barba, cabelo e bigode no Canindé; Domínio da partida, vitória e maior torcida (Assista)

E-mail Imprimir PDF

Ser visitante é um convite à festa para a Ponte Preta nesta Série B do Brasileiro. Ainda mais na noite desta sexta-feira. A Macaca se sentiu em casa no Canindé. Teve a maioria da torcida na arquibancada e o domínio total das ações em campo. O resultado foi mais um passo rumo à elite nacional. Com um passeio no segundo tempo, a Ponte bateu a Portuguesa por 3 a 0, venceu a sexta consecutiva longe de Campinas e garantiu a liderança por mais uma rodada. Já a Lusa trilha um caminho que parece sem volta para a terceira divisão.

Dos 1.848 pagantes presentes no Canindé, pelo menos mil torcedores eram da Ponte. Treze ônibus saíram em caravana de Campinas, além daqueles que viajaram de carro. Sem parar de apoiar um minuto sequer, a torcida empurrou o time, que retribuiu o show apenas na etapa final. Depois de um primeiro tempo morno e fraco tecnicamente, a Ponte sobrou depois que Guto Ferreira colocou Renato Cajá e Rafael Costa. A sorte também esteve ao lado. Para abrir o placar, Rafael Costa contou com uma furada incrível de Maycon dentro da pequena área. Depois, o bate e rebate na área sobrou para Alexandro ampliar a vantagem. Alexandro ainda faria o terceiro, seu 11º gol na competição, para fechar a festa alvinegra no Canindé.

Foi o nono jogo seguido sem derrota da Macaca. A série invicta, agora, tem sete triunfos e dois empates. Não à toa que o time lidera com 57 pontos, cada vez mais firme no G-4. No outro extremo da tabela, a Portuguesa amargou sua 11ª partida sem vitória. São sete derrotas e quatro igualdades no jejum. É assim que o time segura a lanterna da competição, com apenas 21 pontos, cada vez mais distante de sonhar em deixar a zona de rebaixamento. Os times voltam a campo terça-feira.

Em duelo direto pelo acesso, a Ponte recebe o Avaí, no Majestoso. Já a Lusa terá pela frente o Paraná, em Curitiba. Ambos os jogos está marcados para as 19h30.

Ficha técnica

Portuguesa 0 x 3 Ponte Preta

Local

Canindé - São Paulo (SP)

Árbitro - Marcelo Prieto Alfieri - SP

Renda - R$ 51.480,00

Assistentes - Daniel Paulo Ziolli - SP e Gustavo Rodrigues de Oliveira - SP

Público - 1.848 pagantes

Cartões Amarelos

Portuguesa: Diogo Orlando, Maycon

Ponte Preta: Adrianinho, Cafu, Juninho

Cartões Vermelhos

Portuguesa: Diogo Orlando

Gols

Ponte Preta: Rafael Costa 8' 2T, Alexandro 38' 2T, Alexandro 44' 2T

Escalação

Portuguesa

Rafael Santos;

Arnaldo, André Astorga, Mateus Alonso e Lucas Caires (Jean Motta), Renan, Diogo Orlando, Maycon e Gabriel Xavier (Felipe Nunes), Bruno Moraes (Marcelinho) e Serginho.

Técnico: Vágner Benazzi.

Ponte Preta

Roberto;

Rodnei, Gilvan, Tiago Alves e Bryan, Juninho, Fernando Bob e Adrianinho (Renato Cajá), Tomás (Rafael Costa), Cafu (Roni) e Alexandro.

Técnico: Guto Ferreira.

Assista os gols

Marco Luque com “Labutaria” em Paulínia

E-mail Imprimir PDF

O ator e apresentador Marco Luque volta em cartaz com o seu monólogo de personagens “Labutaria”, onde interpreta 5 personagens autorais e totalmente distintos em suas caracterizações, reiterando o seu talento e versatilidade. Durante o espetáculo, o público assiste a um delicioso e engraçadíssimo desfile de tipos populares, entre eles o hiperativo Betonera, um monitor de acampamento que deixa, de saída, a plateia sem fôlego.

Completam o show quatro de suas famosas criações:

- Mustafary, um vegetariano preocupado com a sustentabilidade do planeta;

- Jackson Five e seu preciso relato sobre a difícil convivência entre motos e carros nas Metrópoles

- Silas Simplesmente, o taxista que incrementou seu taxi para agradar aos famosos

- Mary Help, uma diarista carismática que já tem lugar garantido na preferência de seus fãs e na lista das criações inesquecíveis do ator.

Labutaria estreou em março de 2011, em São Paulo, onde permaneceu por 2 anos em cartaz, sempre com sessões lotadas. O espetáculo também cumpriu turnê pelo Brasil, e já foi visto por mais de 50.000 pessoas.

Serviço

24 e 26 /Outubro

Horário: Sexta – 21h | Domingo – 19h

Theatro Municipal de Paulínia

End: Av. José Lozano Araújo, 1551 – Pq Brasil 500

Informações: (19) 3324-0060 – www.teatrogt.com.br

Horário de Início

21:00

Preços

- Plateia Baixa e Camarotes – Inteira: R$ 80,00 | Meia-Entrada: R$ 40,00

- Plateia Alta – Inteira: R$ 70,00 | Meia-Entrada: R$ 35,00

- Balcões – Inteira: R$ 60,00 | Meia-Entrada: R$ 30,00

- Mezanino – Inteira: R$ 50,00 | Meia-Entrada: R$ 25,00

Onde Comprar?

Sem Taxas:

- Bilheteria do Teatro de Paulínia – Segunda a Sábado das 13h às 19h

- Fifi Trends & Giffts - Paulínia Avenida Prefeito José Lozano Araújo, nº 1515

Com Taxas:

- Livraria Leitura – Parque Dom Pedro Shopping - Campinas - Avenida Guilherme Campos, nº 500 /Lj SF37B

- Livaria Leitura – Campinas Shopping - Rua Jacy Teixeira Camargo nº 940

- Livaria Laselva – Indaiatuba - Rua 13 de Maio n° 839, Centro

- O Bortoletão – Jaguaríuna - Rua Cândido Bueno, nº 545 Centro

- Oficina do Estudante – Campinas - Avenida Brasil, 601 - Jardim Guanabara

Página 1 de 1335

Publicidade - Clique no banner

On line

Nós temos 489 visitantes online

Paulínia.. Paulínia.. Todas Todas